21.3.15

Kill Me, Heal Me

  Gente, vocês nem imaginam como está corrido a minha vida, era pra esse post já está pelo menos com algumas partes prontas para quando eu terminasse eu só completasse e postasse, mas esse ano a faculdade jogou na minha cara que eu não tenho mais vida (eu já não tinha antes) e to sem tempo pra nada. Mas com muito esforço e dedicação eu consegui terminar e vir aqui comentar sobre o melhor drama do ano, sem mais delongas, lhes apresento Kill Me, Heal Me.


Título: 킬미, 힐미 / Kill Me, Heal Me
Gênero: Romance, comédia, mistério, medicina
Episódios: 20
Canal: MBC
Período de Transmissão: 7 de janeiro a 12 de março de 2015
Roteirista: Jin Soo Wan
Diretores: Kim Jin Man (The Greatest Love), Kim Dae Jin
Produtor Chefe: Han Hee (Fated To Love You, Mr. Back, My Spring DaysPersonal Taste)
Nota: ★★★★★

Sinopse: Cha Do Hyun é a terceira geração de uma família chaebol que sofre de transtorno de personalidade múltipla depois de passar por inúmeros traumas fatais. Enquanto ele tenta voltar à sua vida com a ajuda de uma médica residente, Oh Ri Jin. As "sete pessoas" que ele criou em seu corpo começam sua batalha para ser o ditador final que terá o controle sobre sua vida. Enquanto isso, Oh Ri On é o irmão gêmeo de Oh Ri Jin que é um escritor genial. Ele está determinado a descobrir os segredos e histórias deste Chaebol, começa a segui-lo ao redor para descobri-los, mas inesperadamente, forma uma empatia por ele em seu lugar.


  Cha Do Hyun (Ji Sung) é um chabol que está tentando conseguir ficar com o cargo de presidente da empresa de sua família e até parece ser um homem normal, se ele não tivesse transtorno de personalidade múltipla. Inusitadamente ele conhece Oh Ri Jin (Hwang Jung Eum), uma médica psiquiatra, que sem esperar está ligada a ele de alguma forma, tanto que Shin Se Gi, uma das 7 personalidades de Di Hyun parece ter um grande interesse nela. Na história também temos Oh Ri Ohn (Park Seo Joon), irmão gêmeo de Ri Jin e que usa o nome Ômega para escrever seus livros. A vida dessas três pessoas irá se cruzar de uma tal forma que ficará impossível não voltar ao passado que tanto eles tentam esquecer.


  Sim, é isso mesmo, vou falar apenas isso. Porque? Porque nesses 20 episódios teve mais desdobramentos que muitos dramas por aí. Quando acontecia algo e você pensava que já saberia o final da história acontece outra coisa surpreendente que te da um tapa na cara e diz "ta pensando que vai ser fácil? Tenta outra vez" e aí suas ideias são completamente ignoradas e você começa a ter novas hipóteses que muitas vezes vai ter outro acontecimento que fará você mudar de ideia novamente. Meus sentimentos durante esse drama foi uma montanha-russa e até agora eu estou tentando achar palavras para conseguir demonstrar todo o meu amor e é por isso que farei com os motivos, tentarei convencê-lo a parar tudo que está fazendo e começar a ver esse drama. Bora lá!

Motivos para amar de montão Kill Me, Heal Me

★ História
  Quando soube sobre esse drama eu fiquei muito animada, porque é a primeira vez que assisto um drama que o tema central é múltiplas personalidades, então queria ver como o ator conseguiria lidar com isso e como faria com que parecesse que cada vez que mudasse de personalidade fosse diferente. Foi o tipo do drama em que eu fui com muita cede ao pote e que em nenhum momento eu fui decepcionada, em nenhum mesmo. Todo esse lance de uma médica inusitadamente conhecer um homem que tem esse problema e que vão acabar se apaixonando é clichê sim, mas o jeito que o/a roteirista colocou foi o ponto chave para o sucesso que o drama teve. Pode parecer algo fácil, mas aí vem aquela comparação com Hyde, Jekyll and I que apesar dos temas serem parecidos não deu tão certo assim. Ao contrário do já citado, Kill Me Heal Me teve uma história que conseguiu ser levada durante os 20 episódios, fazendo que acada final você ficasse ansiosa esperando o que aconteceria no próximo e durante todas as semanas de exibição essa foi minha vida, esperando sempre os episódios para novos desdobramentos que vou lhe dizer que foram incríveis. O que eu percebi foi que o/a roteirista não teve medo de fazer uma boa história, ela colocou a cara a tapa e seja o Deus quiser, goste quem queira e se sinta feliz por ter sofrimentos semanais a cada final de episódio. E tanto que tem dramas feito por essa mesma pessoa que eu quero muito ver que são The Moon That Embraces the SunCapital Scandal Wonderful Life. Tentando ir ao assunto, a história foi incrível e mesmo contendo 20 episódios em nenhum momento foi maçante, pelo contrário, foi um drama incrível que é obrigatório ser assistido por todos os dorameiros de plantão.


★ As Personalidades
  Eu não comentarei apenas sobre uma ou outra, falarei sobre todas elas, porque em cada momento elas foram muito marcantes, claro que umas terão mais destaque que outras, mas para quem me acompanha no twitter sabe bem quem são meus favoritos. Mas ao invés de colocar a ordem de favoritos, colocarei na ordem de quando eles foram aparecendo.


- Cha Do Hyun
  Pra mim no começo foi difícil gostar do Do Hyun, porque até então meu coração já era do Se Gi, mas aí ele foi ganhando mais destaque e eu comecei a admirar suas atitudes e comportamentos e pronto, me vi apaixonada por ele também. O mais bonito do Do Hyun é que ele é o mais simples de todos e também o que quando uma das personalidades faz algo errado ta lá pra ser culpado e pedir desculpas. Me emocionei com ele em muitos momentos.


- Shin Se Gi
  O que falar do meu primeiro amor que assim que vi já me apaixonei? Acho que por ser o estilo de homem que gosto eu me vi super cativada de primeira pelo Se Gi. No começo eu pensava que seria apenas a personalidade "malvada" que tentaria ficar com a mocinha, mas não, tem toda uma história por trás dele ser assim tão revoltado com a vida e por que só com a Ri Jin ele conseguia ser mais calmo. Foi a personalidade que eu mais sofri e a que mais me surpreendeu no final.


- Perry Park
  Talvez a segunda personalidade mais engraçada e a com melhor sotaque que existe nessa terra. Sabe aquele personagem cômico que aparece bem pouco, mas que sempre quando da o ar da graça é comédia garantida? Esse é o Perry Park, vou lhe dizer que me surpreendi muito com quem ele "realmente era" e chorei que nem um bebê com o final.


- Ahn Yo Sub
  Ele pareceu pouco até, mas foi bem marcante por ser a personalidade suicida, me emocionei muito quando ele apareceu por ser todo um momento bem delicado e era bem nítido que quando o Do Hyun se sentia culpado ou angustiado por algo ele liberava o Yo Sub. Gostei muito dele e principalmente sua irmã, a próxima personalidade.


- Ahn Yo Na
  Como disse muito no twitter, Yo Na rainha, resto nadinha. Ponto, já resumi essa personalidade. No começo eu pensei que não ia gostar dela por que meu coração já era do Se Gi e estava quase indo para o lado do Do Hyun, mas quando essa criatura enviada por Deus veio, gente foi uma das melhores coisas, o que eu ria com essa personalidade. E o Ji Sung deveria ganhar um Oscar só por fazer um personagem tão gay como a Yo Na. Tinha vezes que eu esquecia que o Ji Sung era homem e via essa personagem realmente como uma mulher.


- Mysterious X
  Não falarei muito sobre ele porque como diz o nome, ele é misterioso e qualquer coisa que eu soltar será um spoiler enorme, apenas digo que essa personalidade até que foi uma surpresa porque não esperava que seria isso e é mais um motivo para admirar o Do Hyun.


- Nana
  Outra personalidade que não posso dizer muito sobre porque na verdade seu nome não é Nana, mas também não comentarei qual é porque será o spoiler ainda pior, apenas digo que foi outra surpresa, na verdade esse drama é cheio de surpresas, boas na verdade.


★ Ri Jin
  Eu não lembro bem se eu já fiz algum post para o blog com minhas personagens femininas favoritas, se já, eu terei que fazer uma parte 2 porque essa médica maluca tem que estar. A Ri Jin é o tipo de personagem que você desde o começo pensa que será só mais uma mocinha que amará o chaebol rico e blá blá blá, por um lado até foi, mas a/o roteirista foi além e conseguiu surpreender a todos, pelo menos eu me surpreendi muito. Sabe quando jogam na tua cara desdobramentos e falam "lide com isso"? Foi assim. a história da Ri Jin quando começou a ser desenvolvida eu não conseguia acreditar e por muitos episódios eu pensei que era uma coisa e depois era outra, foi maravilhoso essa montanha-russa que eu senti durante o drama. Eu digo que esse drama teve duas divas, a Yo Na e a Ri Jin, que quando juntas rendia cenas super engraçadas. 


★ Casal principal
  Esse casal foi outra ótima surpresa, mas pra dizer a verdade eu já esperava essa ótima química, tanto que eles já contracenaram juntos no drama Secret, que eu ainda pretendo ver esse ano. No começo eu realmente era #TeamSeGi e digo que fui praticamente até o final porque ele continua sendo minha personalidade favorita, mas depois o Do Hyun foi ganhando meu coração e era impossível não torcer para ele também. O problema é que a Jung Eum é tão fofa que fica difícil não gostar dela com quem seja o par. Mesmo com aquele cabelo horrível em Full House Take 2 eu já achava super fofa então imaginem aqui com esse corte de cabelo que é um dos meus favoritos. Agora só me resta torcer para que esses dois divos façam mais um drama juntos, porque olha, se tornaram meu casal favorito.


★ Ri Ohn
  Esse personagem eu tive uma montanha-russa de sentimentos (mais uma), porque no momento que eu estava amando-o ele fazia algo e eu mudava de ideia, mas em um modo geral eu gostei dele. Primeiro porque eu já gostava do ator, então facilitou, mais ou menos porque o sofrimento foi em dobro. Eu não posso ficar dizendo muito porque vocês realmente não imaginam como esse drama tem reviravoltas, mas que eu sofri pelo amor dele pela irmã eu sofri, não a ponto de torcer para ele, mas chorei um pouco. Eles ficavam lindos juntos sabe, realmente era aquele tipo de irmãos que é nítido como se amam e como um conhece muito bem o outro.


★ Casal Secundário 
  Ta pra nascer casal secundário mais perfeito e com tanta química como esses dois. Primeiro que o Ji Sung realmente conseguia ser uma adolescente apaixonada, isso é fato. Segundo que a Yo Na é rainha, outro fato. Agora a junção dela com o Ri Ohn foi uma das melhores sacadas do roteiro, porque apesar do clima estar meio tenso era só ela aparecer toda apaixonada pelo oppaaaa que eu já caia nos risos. 


★ Bitch e vilões? Não teve necessidade
  Uma outra coisa que eu realmente amei no drama é que o roteiro é tão bom que não teve necessidade de colocar os "empaca a vida". Na verdade no começo eu realmente pensei que teria e já estava imaginando o chato que ia ser, mas não, o drama tomou um rumo completamente diferente do que eu estava imaginando e foi algo que eu realmente gostei muito. Chae Yun (Kim Yoo Ri) até poderia ter sido uma boa vilã sabe? Mas o problema é que ela estava no lugar errado e na hora errada, a personagem tinha potencial de ser uma fdp, mas foi completamente ofuscada. O noivo e parentela do Do Hyun, Ki Joon (Oh Min Suk), foi ainda mais insignificante, porque tudo que ele fazia não tinha um propósito, simplesmente fez porque no começo o pai mandou e ele depois meio que pirou na batatinha. Como eu digo, tudo farinha do msm saco...


  É engraçado, porque eu eu ainda estou tentando entender quem seria de fato o vilão dessa história. Apesar de ter os invejosos de plantão que querem a todo custo o cargo de presidente na empresa nenhum de fato fez algo tão mal a ponto de ferrar com a vida do Do Hyun e da Ri Jin, tentaram, mas como já disse, foram ofuscados. Mais pro final do drama vai aparecer uma pessoa que pode ser considerado como "vilão" pelo o que fez, mas aí já foi coisas no passado. Pra mim o verdadeiro vilão foi a mente do Do Hyun, que estava em pedaços depois de tudo o que ele passou.


★ Atores Mirins
  Normalmente os atores mirins são apresentados no começo para mostrar como o casal já se conhecia e assim vai, aqui é completamente diferente, eles só começam a aparecer no decorrer que a história vai nos mostrando as respostas de todas as nossas duvidas. Eles foram tão perfeitos que até bate saudades, essas crianças deram um show de atuação. O Lee Do Hyun que fez o Do Hyun (coincidência no nome?) foi perfeito, ainda mais quando mostrou as personalidades, chorei com ele viu. Eu já conhecia esse fofo de Master's Sun e Prime Minister and I e realmente espero que ele continue com esse talento todo, tem potencial. A Kim Amy que fez a Ri Jin também foi uma fofura sem fim, amei todos.


★ Família da Ri Jin e secretário Gook
  Uma coisa linda de se ver e acompanhar foi o quanto essa família se amava, apesar dos pesares. Sabe aqueles pais que além de tudo querem ver seus filhos felizes? São os pais da Ri Jin e Ri Ohn, eles ficaram sempre ao lado deles quando tomavam decisões difíceis e em alguns momentos rederam bastante cenas engraçadas. 

 

  Infelizmente o secretário Gook (Choi Won Young) não teve tanto destaque como eu desejava, mas gostei muito de como ele foi fiel em todo o momento ao Do Hyun, e eu pensando que a qualquer momento ele ia se mostrar um traidor (kkk). Mas se tem uma coisa que eu não gostei nele foi esse cabelo, que coisa era aquela? Ele era tão charmoso em The Heirs.


★ Bastidores / Behind of The Scenes
  Vou confessar que antes eu não procurava muito sobre o BTS dos dramas, mas depois de ver um vídeo de um dos episódios eu comecei a ver muitos e fui me apaixonando ainda mais pelo elenco, sabe quando eles realmente mostram que se divertem muito juntos? Simplesmente amei e é ai que fica difícil não torcer pelo casal. No drama pode, já que na vida real o Ji Sung é casado com a diva Lee Bo Young.


★ Dog
  E pra deixar tudo mais lindo e fofo temos um dog no elenco também, eu não lembro o nome, mas era a coisa mais fofa a Ri Jin e o Ri Ohn com ele. Acho que já disse aqui que amo animais né? Então sempre quando nos dramas tem algum animal eu fico apaixonada. 


★ Participações especiais
  No começo eu pensava que ela seria uma personagem que apareceria as vezes, mas foi apenas em uns dois episódios eu acho, um pena porque eu acho a Kim Seul Gi muito engraçada, só esperando ela fazer um drama em que seja a protagonista. E também temos a Yuri em apenas poucos minutos, mas que eu ri muito mesmo.


★ OST
  Acho que nem preciso comentar muito, porque se o drama é tão bom assim é CLARO que teria uma incrível ost não é mesmo? E esse drama tem, podem acreditar. E são tão lindas que a MBC demorava pra liberar e eu ficava que nem uma louca esperando ansiosa só pra poder ouvir completo. Valeu MBC por me torturar ainda mais.



★ Final
  Acho que o maior motivo para a minha demora em postar sobre esse maravilhoso drama é que eu ainda não tinha superado o final, na verdade ainda estou com depressão pós drama, mas consegui me reanimar um pouco. O final foi tudo e mais um pouco do que eu poderia imaginar e para todo o dorameiro nada melhor do que ver suas expectativas serem cumpridas com exito. Foi completo, foi lindo, foi emocionante e respondeu todas as minhas duvidas e perguntas, o que mais eu queria? Kill Me, Heal Me foi o tipo do drama que teve a quantidade certa de episódios, nem mais e nem menos. Eu poderia ficar aqui falando e falando mais um pouco sobre tudo o que eu gostei no drama e pode ter certeza que são muitos pontos positivos, mas ai qual seria a graça de quem ainda não viu né? Apenas digo que esse drama realmente surpreende do começo ao fim.


  Uffa, consegui chegar no final será que esse foi o post que eu mais escrevi? To na duvida, só sei que se você chegou até aqui tem apenas três motivos: 1) Você me ama 2) Você ama meus post, 2) Você ama as postagens, qual será? (kkk) Brincadeiras a parte, eu realmente espero que tenham gostado, apesar de ter sido bem extenso e quem sabe eu não animei alguma criatura que não queria assistir não é? Me desculpem pela demora nas postagens, a faculdade não ta fácil esse semestre, tentarei deixar alguns post prontos entre hoje e amanhã para assim não deixar o blog com moscas. Então é isso, até o próximo post e beijinhos.






Download: 

5 comentários:

  1. O que falar desse dorama? Tô c Depressão Pós-Dorama até hoje. Acompanhar junto c a Coreia foi um sofrimento. O dorama entrou no meu top 5, por ter Ji Sung (meu ator favorito) divando em 7 personalidades, Hwang Jung Eun (uma queridinha) divando como a Ri Jin, o Park Seo Jeon (q já é um querido desde de Dream High 2) n me fazendo passar raiva em nenhum momento. Esse dorama foi tão profundo que preciso assistir de novo. Auditory Hallucinations entrou na minha lista de melhores OST's pq meu senhor, toda vez q tocava eu chorava. E que final foi esse? Simplesmente perfeito. Quero saber onde se arruma um Do Hyun c as sete personalidades para mim!!! Yo Na é rainha, diva, maravilhosa e stalker de oppar. Ps.: Se vc ainda n assistiu Secret corre p ver mais um show de atuação e química do Ji Sung e da Hwang Jung Eun!!

    ResponderExcluir
  2. Como assim amiga, vc ainda não viu Secret??? Até eu que não gosto muito de melodramas, amei o drama! Seu post ficou maravilhoso e deu para perceber o quanto amou KMHM! Aliás, vc e a Ana Coscia quase endoidaram né?! Piores que eu com Healer, daí vc tira! O drama realmente é lindo, incrível e maravilhoso! Apesar de não surtar como vcs desde o começo eu aprendi a amar KMHM a cada episódio e depois de o terminar senti uma falta imensa! Ji Sung merece todos os prêmios né?! Foi excepcional! E enfim ameiii e parabéns pelo post! *_*

    ResponderExcluir
  3. Post perfeito como sempre! Li tudinho!! ahahha

    Realmente 2015 JÁ PODE ACABAR PQ KILL ME HEAL ME FOI O DORAMA. (mesmo achando que daqui pra dezembro eu mude de idéia xD)

    Certeza que eu não vou esquecer tão cedo esse dorama maravilhoso, meu deus. Eu surtava a cada revelação bombastica dessA história. O casal foi tudo e bom e muito mais (pfvrrr façam outro dorama juntos pelo amor dos dorameiros) os demais personagens foram mt bons tbm principalmente a família da Ri Jin <3 O QUE FALAR DAS PERSONALIDADES? Se Gi, Do Hyun e Nana dominam meu coração e eu até hoje não decidi a minha favorita.

    O enredo e o roteiro são/foram muito bons. É quase inacreditável que KMHM não tenha aquela famosa 'barriga' que sempre ocorre nos dramas com +20 eps <3 A OST dispensa comentários pq Auditory Hallucinations é a ost do ano pra mim xD

    Enfim como se despedir desse dorama tão querido e que nem tão cedo irá ser esquecido. Mesmo quando os protas estiverem em outros doramas eu me lembrarei do Do Hyun (e as personalidades) e da querida Ri Jin :D

    ResponderExcluir
  4. Amo o Ji Sung mas esse drama não rolou, depois de Flower Boy Ramyun Shop foi um dos piores. Assim como Hyde Jekyll, Me pra mim foram as decepção de 2015, o que foi uma pena porque minha expectativa era altíssima em ambos. Enfim, que venham os próximos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuncaaaaa! KMHM é o melhor K-drama de 2015 DISPARADO!

      Excluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo