13.8.15

Mask

  Hey pessoal como vão? Demorei pra voltar com resenhas não é? Me desculpem, mas minha volta as aulas foram agitadas e pra completar a falta de vontade de assistir algo atacou então já imaginam né? Hoje trago uma resenha bem especial, após ler o post da Alay do blog Divaneandoo eu fiquei bem curiosa sobre esse drama que até então pra mim parecia ser só mais um melodrama. Estão preparados para o meu surto do momento?

Título: 가면 / Mask
Gênero: Romance, melodrama
Episódios: 20
Canal: SBS
Período de Transmissão: 27 de maio a 30 de julho de 2015
Roteirista: Choi Ho Chul
Diretor: Boo Sung Chul (The Heirs)
Produtor: Golden Thumb Pictures e Shim Entertainment
Nota: ★★★★★

Sinopse: Byun Ji Sook sempre teve uma vida difícil com o seu pai constantemente cheio de dívidas e sendo perseguido por isso. Ela quer desesperadamente saber como seria a vida se ela tivesse nascido em uma família melhor e não tivesse que se preocupar com dinheiro o tempo todo. Quando uma série de circunstâncias fazem Seon Eun Ha, uma mulher rica que se parece muito com Ji Sook morrer, Ji Sook agora tem a chance de uma vida melhor e assume a identidade de Seo Eun Ha. Ela se encontra com Choi Min Woo, um herdeiro chaebol que não confia nas pessoas ao seu redor. Mas quando ele percebe que Ji Sook não é como as outras mulheres que ele já conheceu ele se apaixona por ela. Por quanto tempo Ji Sook pode manter a sua máscara e esconder sua verdadeira identidade?


  Byun Ji Sook (Soo Ae) é uma mulher pobre e ingênua que batalha todos os dias para conseguir pagar a divida que seu pai tem com agiota. Em um dia normal no trabalho ela se depara com Seo Eun Ha uma mulher rica que está de casamento marcado com Choi Min Woo (Joo Ji Hoon) e é exatamente igual a ela, irmã gêmea rica? Talvez (sqn). Mas acaba acontecendo uma tragédia que faz com que Min Suk Hoon (Yun Jung Hoon), cunhado do Min Woo, chantagear Ji Sook a obrigando se passar pela Eun Ha.


  Em uma casa de completos estranhos terá que fazer com que acreditem que ela é outra pessoa, lidar com o marido que é esquizofrênico e sofrer com as constantes chantagens do cunhado. Para completar o quarteto temos Choi Mi Yun (Yoo In Young), meia irmã do Min Woo e que não gosta nada da ideia do irmão se casar com "Eun Ha".


  Não sei se consegui explicar muito bem, mas resumir sem dar spoiler muitos grandes é difícil e já que o drama foi tão bom de acompanhar farei o famoso post com os pontos positivos que fizeram me encantar pelo drama logo nos primeiros episódios.

Motivos para amar Mask

➛ História A Usurpadora 
  Todos já estão acostumado em assistir ou ler uma história onde o cara rico se apaixona pela mocinha pobre e indefesa. É um clichê que muitos roteiristas amam aderir, mas o difícil é usar isso ao seu favor e fazer uma boa história e aqui foi usado e deu super certo, porque tivemos inspirações mexicanas. Você leu certo meu caro leitor, temos uma versão coreana da famosa novela A Usurpadora. Pode ser uma decisão arriscada, mas o roteirista pegou todos os elementos bons e usou a seu favor e fez Mask ser um drama surpreendente. Infelizmente não temos uma Paola Bracho para sambar porque ela morre, pronto falei, mas temos a Paulina pra nos irritar e ao mesmo tem admirar, temos Stephanie para divar, Willy para ser o melhor antagonista e Carlos Daniel para amar. Quer mais motivos para assistir essa versão? Os personagens tiveram uma química muito boa, tanto os mocinhos como os vilões que são ótimos. Do começo ao fim o drama só fez com que eu o admirasse ainda mais pelo ritmo em que as coisas iam acontecendo, sem duvida foi um dos melhores do ano e ficará muito difícil eu escolher o troféu de prata. 

O quarteto é o poder

➛ Min Woo / Carlos Daniel 
  As pessoas no twitter devem me achar uma louca, porque eu não consigo chama-los pelos nomes verdadeiros e sim pelo nome da novela mexicana então se acostumem. Enfim, o que falar da donzela em perigo do drama? Carlos Daniel era filho da amante de seu pai onde vive numa casa que ninguém o aceitava e vivia em duas lutas constantes, uma em conseguir adquirir a empresa do pai e a outra era em se manter lucido, já que tinha alucinações desde a morte da mãe. Era um personagem orgulhoso e cheio de manias e fobias, mas na verdade o que mais desejava era ter cainho e isso ele conseguiu ao lado de Paulina. O ator Ji Hoon eu conheço desde Goong, um dos meus primeiros dramas e Antique, mas estava curiosa em velo num melodrama. Queria ver se o ator realmente tinha potencial e fiquei de queixo caído com a atuação dele. Um personagem tão complexado como era e Ji Hoon fez um ótimo trabalho, em nenhum momento eu desgostei do personagem e sim foi meu personagem favorito.


➛ Ji Sook / Paulina
  Essa personagem me irritou tanto, mas tanto no começo que quando ela finalmente começou a sambar na cara das pessoas eu quase não tava acreditando e pensava que a qualquer momento ela ia voltar a ser aquela sonsa de sempre. O problema da Paulina é ser boa de mais e fazer umas coisas sem pensar no ponto de vista do vilão, mas quando se viu apaixonada pelo Carlos Daniel e percebeu como ele precisava da ajuda dela não mediu esforços para ir contra todos. Se mostrou tão forte e determinada que nem mesmo as pessoas conseguiam acreditar, foi ótimo ver essa "mascara" da personagem. Eu não conhecia a atriz Soo Ae, mas gostei da atuação dela, sem dizer que a achei muito parecida com a atriz Yoon Eun Hye. Não sei bem o que era, mas tinha partes que super me lembrava.

"Você nunca pode ser feliz usando uma mascara" 

➛ Casal Principal
  Foram poucos os melodramas que eu assisti, mas sem duvida esse está entro os que eu mais amei o casal. Essa temática de casamento arranjado eu acho ótimo, porque sempre temos dois personagens que possivelmente nem se conhecem muito bem, mas que são obrigados a conviver diariamente e nisso como todos sabem vão se apaixonando, não é adorável? Amo histórias assim. E o casal principal é lindo, já que ela além de se casar com um desconhecido ainda é chantageada pelo "cunhado" a fazer tudo o que ele quer e isso quer dizer fazer mal ao seu "marido", mas no momento que Paulina começa a amar o Carlos Daniel é a coisa mais fofa porque ela muda da água pro vinho e ele também, vai ficando tão docinho de leite. Simplesmente amei esse casal tão sofrência que me emocionou em muitos episódios.


➛ Mi Yun / Stephanie
  Tenho que fazer um apanhado das minhas antagonistas, mas acho que a Stephanie é a favorita. Para uma vilã (depende do ponto de vista) ser querida por mim ela não pode ser chata, querer o homem dazamigas, ser falsiane e por aí vai... E o bom da Stephanie é que em nenhum momento ela fingiu ser alguém que não era, a todo o momento ela deixava bem claro o que queria e por que estava fazendo aquilo. Claro que muitas atitudes eu não concordo e confesso ter tido alguns momentos de raiva, mas entendo suas razões. Como o Carlos Daniel, ela era super carente da atenção do marido e apenas queria ser amada por este que sabemos muito bem nem ligar. Quem não lembra da participação dela em My Love From the Stars? Gostei muito da atriz e realmente espero vê-la em novos dramas e quem sabe como uma mocinha? Não sei se combina com esse jeito poderosa dela. Só sei que nunca irei esquecer da vilã que bebia vinho com canudinho pra ficar bêbada mais rápido.


➛ Suk Hoon / Willy
  Acho que o lado bom dos melodramas (pelo menos em alguns) são os vilões bem elaborados.  Pra mim o vilão só é digno de ódio ou idolatração se ele for inteligente e calculista, caso contrário só sentirei pena dele e raiva por perder meu tempo. Eu amo vilões, pra mim são os mais sinceros, porque apesar de todas as mentiras você sabe o propósito deles e o que eles querem, isso pode ser amor ou poder. No caso do Willy ele não amava ninguém e só estava em um casamento com a Stephanie para conseguir aquilo que tanto desejava. Ele usava a Paulina como bem queria porque sabia que ela era fraca, até o momento que enfim acordou e ele não pode mais lidar. Foi um vilão muito bem escrito e que eu realmente admirei os esquemas diabólicos, mas também não posso dizer que compreendi ou que acreditei nas lágrimas dele no final, porque aquilo não me convenceu. Fora isso, eu realmente gostei do personagem, estava com saudades de vilões assim. E que ator charmoso não é? Vi que ele faz um drama que já estava na minha lista e para minha tristeza essa gostosura é casado, que sad, queria ele com a In Young.


➛ Melhor casal antagonista
  Apesar do que o Willy pensava a Stephanie não tinha nada de boba, muito menos a cara, o que acontecia era que ela fingia não ver as crueldades do marido por ama-lo tanto e foi justo esse amor que a fez também cometer crueldades. Ela apenas queria ser amada por ele, então fingia acreditar em todas as mentiras que ele dizia, apenas na esperança dele retribuir o amor. Stephanie não era má, infelizmente amava uma pessoa que não a merecia e por ele cometeu crueldades que durante o drama assombravam ela. Mas olha, a química desses dois foi ótima e realmente torcia para que fossem felizes juntos, sonhava em vê-lo também amando-a. 


➛ Mocinha x Vilão 
No começo, claro que eu não gostava do Willy, porque ele realmente fez muitas crueldades com a Paulina, mas depois de alguns episódios eu já estava amando e personagem e não podia não perceber como eles ficavam bem juntos. Não cheguei a shippar os dois, apesar do passado dele com a falecida Paola (quem viu vai entender o que estou dizendo), mas gostei da dinâmica da chantagem por parte dele. Até porque se ela não permitisse ele não teria a enganado. Ele apenas era esperto de mais e usava a seu favor a fraqueza das pessoas, admirava isso nele.


➛ Figurinos
  O lado bom de dramas com gente rica é que os personagens sempre, SEMPRE se vestem muito bem e claro que em Mask não seria diferente. Minhas roupas favoritas sem duvida eram da Stephanie, mas a Paulina também tinha uns vestidos bem adoráveis. E como essas pessoas conseguiam dormir com tanta classe assim? Teve "pijamas" que eu não conseguia acreditar que eles usavam apenas para dormir, eram lindas. Enquanto os meros mortas como eu dormem apenas com um pijaminha de malha. 

Mataria por essa sandália MARAVILHOSA sem duvida. 

➛ Personagens Secundários 
  Para quebrar aquele ar de vingança vs chantagem vs mentira pra tudo que é lado temos personagens bem cativantes que apareciam para alegrar a cena e dar umas boas risadas. Os empregados da mansão eram ótimos e eu jurava que aqueles dois iam ficar juntos, o motorista do Carlos Daniel era uma fofura sem fim, gosto do ator, queria muito velo em um papel com mais destaque e tem os funcionários da empresa que também tinham seus momentos, ainda mais quando fofocavam por aí.


➛ Desdobramentos Surpreendentes
  Todo melodrama que se prese precisa de uma boa história com segredos que ao longo dos episódios vão sendo descobertos e claro que aqui não seria diferente. Muitos desses foram guardados a 7 chaves e outros logo no inicio já soubemos o que aconteceu, mas o que realmente me surpreendeu foi que tudo teve sua hora certa, todas as verdades foram expostas no momento adequado e não tivemos aquela enrolação chata onde o personagem fica metade do drama sem falar com fulano por causa de tal coisa. Os personagens se magoam sim, mas é um jeito que você compreende o sofrimento e torce para que logo se resolvam pra ficarem juntos.


➛ Família
  Se a Paulina fez tudo que fez foi pela família que ela tanto amava, para conseguir dinheiro e pagar a divida do pai ela fingiu ser alguém e digamos que sofreu por sua decisão. Para alguns pode até ser algo errado, mas vendo pelo lado dela eu faria a mesma coisa, se isso fosse para ajudar meus pais eu tomaria as mesmas decisões que ela tomou. A relação deles era linda de se ver e o Hoya está de parabéns, gostei da atuação dele, na verdade desde Answer Me 1997 eu estava curiosa em vê-lo atuando novamente e não me decepcionei, só queria mais destaque. Já o pai e a madrasta do Carlos Daniel eu não sei nem o que comentar, só que a atriz Park Joon Geum nasceu pra ser "mãe" mocreia.


➛ Amor x Dinheiro 
  Isso foi algo bem abordado no drama, até que ponto uma pessoa está disposta a ir para conseguir dinheiro e se está preparada para desapegar do amor. A sacada do roteirista foi fazer uma personagem que queria dinheiro, mas não chegava a ser superficial ou só pensar nisso. No momento que ela se viu apaixonada ela começou a se questionar e perceber o que realmente valia na vida.


➛ OST
  Até agora eu simplesmente não sei o que comentar sobre a ost, ainda estou sem palavras porque é surpreendente como um drama tão bom pode ter uma ost tão viciante assim. Desde que baixei a ost eu não paro de ouvir e para fazer o post eu dava replay imensas vezes, também né, com músicas tão boas assim não tem como não ouvir. 


➛ Final
  Já tem 3 dias que eu assisti esse drama e eu não conseguia terminar o post, começava e as palavras não vinham. Quando você não gosta de algo é super facil comentar, mas quando você se apaixona é difícil explicar e expor toda a montanha-russa de sentimentos que teve enquanto assistia. Mask é um drama especial que eu comecei por curiosidade e realmente não esperava me apegar tanto como foi. O final me deixou umas pequenas duvidas, bem pequenas mesmo, mas nada que faça eu desgostar do drama, pelo contrário, ele teve um final até que super satisfatório para um melodrama. Não sou muito de ver melodramas por não curtir a carga emocional elevada que os roteiristas costumam colocar, mas em Mask foi tudo na medida certa, me emocionei nos momentos certos e super curti o drama. Agora vem a duvida, como irei superar o final, porque a cada foto que eu acho do elenco juntos nos bastidores é um tiro diferente.


  Eu realmente deixei de falar de alguns personagens, mas eu acho que me empolguei e falei até de mais (kkk). Só espero que os que ainda não viram o drama deem uma chance porque não vão se arrepender, ainda mais os amantes de uma boa história de chantagens e amor. Espero que tenham gostado do post e me desculpem pelo sumiço, tava sem ideia do que escrever e ai comecei a ver o drama e não conseguia escrever sobre mais nada, vida triste essa viu. Beijinhos e até o próximo post.


Download: 

4 comentários:

  1. Acompanhei o drama junto com a Coréia, e foi um sofrimento esperar uma semana por novos episódios a história msm que com alguns cliches foi bem elaborada , cenários figurinos magníficos. Gostaria que Paola tivesse durado mais, embora goste do Hoya fiquei com raiva dele pela forma como ele agiu após disconfiar dela ( não falo mais para não dar spoiler) confesso que pulei algumas cenas de Paulina e Carlos Daniel. .. . O que me cativou e para mim roubaram a cena foi o casal de vilões perfeitos *-*. Mask entrou para lista dos dramas que gosto. Esse ano vi tantos mas poucos me cativaram e me fez ir até o final como ele. Emi some não!!! aguardo mais resenhas. Fighting 0/

    ResponderExcluir
  2. O que dizer de Mask? Amei de mais esse drama, adiei o final por três dias porque não queria que acabasse. Ah e linda resenha! Bjss

    ResponderExcluir
  3. Amei esse dorama!!!! Eu gostei muito da sua resenha e foi por causa dela que assisti Mask. :)

    ResponderExcluir
  4. Que melodrama maravilhoso! Descobri ele por sorte quando vi no viki e fiquei curioso para ver. Depois do primeiro episódio não consegui parar de ver e terminei em 3 dias. Amei tudo desse dorama, um dos melhores que eu já assisti. Mask é bom pra quem curte novelas mexicanas assim como eu hahaha.

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo